segunda-feira, 30 de março de 2015

Como gerar 30 novas ideias de conteúdo em 30 minutos


Existem duas coisas que quase todo projeto envolve: criatividade e prazos. Infelizmente, essas duas coisas normalmente não funcionam muito bem juntas. Quando o prazo aperta, quase sempre me sinto pressionada a ter uma nova ideia. Mas essa estratégia, que não deve levar mais do que 30 minutos, é a forma perfeita de superar seu bloqueio criativo, e ter ideias suficientes para manter você ocupado por semanas.
Eu usava isso para me ajudar a escrever, mas é um processo que pode ser facilmente ajustado para você ter novas ideias para campanhas de marketing, projetos de design, sessões de fotos ou qualquer coisa que você estiver criando. Gaste 10 minutos por dia em cada etapa abaixo e, então, prepare-se para começar a desenvolver seu novo projeto.
Etapa 1: Faça uma lista, e não pare até ficar sem tempo.
A melhor forma de ter novas ideias é simplesmente sentar-se, escrever o que vier à mente e, depois, riscar as ideias ruins. Conforme você escreve, explore mais suas ideias, abordando tópicos diferentes e descobrindo novas formas de interpretá-los.
Por exemplo, eu poderia ter intitulado meu post assim: “Como superar o bloqueio criativo” e, depois, mudado para “Como gerar 30 novas ideias em 30 minutos”. Mas não pare por aí. Em seguida, você poderia pensar em “Como escrever um post em 30 minutos” ou em “Ferramentas para ajudar a organizar suas ideias” e continuar pensando em alternativas até a exaustão.
Visão superior de um computador, por Ahmet Misirligu
Visão superior de um computador, por Ahmet Misirligu
Você não precisa detalhar ou pensar profundamente sobre cada ideia que você está escrevendo durante esta etapa. Se a ideia vem a sua mente, você provavelmente tem (ou pode adquirir) conhecimento suficiente para escrever algo sobre isso mais tarde.
Etapa 2: Pense no que funcionou anteriormente.
Após terminar a Etapa 1 (mais conhecida como “purgação de ideias”), você deve gastar um tempo analisando o conteúdo que criou no passado, para ver o que já funcionou bem no seu site. Se você descobrir que artigos sobre SEO são seu “pão com manteiga”, tente gerar algumas ideias sobre tópicos de SEO que você ainda não abordou. Se seus leitores adoram visualizações de dados, anote quais ideias podem ser adaptadas para incluir gráficos.
Para essa etapa, não encare simplesmente as “visualizações de página” como a métrica suprema. Preste atenção também no tempo que foi gasto na página e nas páginas por visita, o que geralmente representa tráfego de melhor qualidade. Da mesma forma, é recomendável que você analise com cuidado os conteúdos que apresentaram consistentemente uma alta taxa de rejeição.
Etapa 3: Veja sobre o que as outras pessoas estão escrevendo.
O conselho mais testado e comprovado de como ser um escritor melhor, “ler mais”, se aplica aqui também. Se você estiver prestando atenção no que o setor está falando e o que outros escritores em sua área estão abordando, você terá mais inspiração quando desenvolver suas próprias ideias.
Gato embaixo de livro, por daLy
Gato embaixo de livro, por daLy
Você pode usar uma ferramenta como o BuzzSumo para ver qual conteúdo se saiu melhor para determinadas palavras pela web, ou você pode simplesmente visitar sites que você gosta e pensar em quais tópicos eles estão abordando. Talvez você seja um especialista em produção de vídeos, mas nunca pensou em escrever sobre como a música influencia sua edição. Ou talvez você seja um profissional de marketing em mídia social, mas nunca compartilhou sua experiência em gerenciamento de comunidade. Ao analisar outros blogs, inevitavelmente sua criatividade será estimulada, o que ajudará enormemente quando você estiver trabalhando para gerar dezenas de ideias em um prazo curto.
Etapa 4: Edite sua lista e prepare-se para escrever!
Após ter finalizado as primeiras três etapas, é recomendável fazer uma “purgação de ideias” final, escrevendo rapidamente qualquer outra coisa que veio à sua mente entre as Etapas 1, 2 e 3. Agora, olhe para a sua lista. Você deve ter pelo menos 30 ideias, mas provavelmente terá muito mais. Esta última etapa (refinar sua lista e se preparar para escrever) pode ser feita imediatamente, ou alguns dias mais tarde, se você quiser analisar sua lista com outros olhos.
Quando edito minhas listas de ideias, eu faço duas coisas: primeiro, classifico os tópicos em categorias como “Eu conheço isso como a palma da minha mão”, “Eu conheço isso, mas teria que fazer um pouco de pesquisa”, “Isso teria que ter 100% de pesquisa” e “Eu não sei nada sobre isso, por que eu escrevi isso?” Em seguida, passo elas para meuaplicativo de lista e adiciono tags (#Marketing, #Fotografia, #Criatividade, #Design etc.) para organizar cada ideia por tópico. Nunca excluo uma ideia, mesmo que eu odeie ela, porque você nunca sabe se ela pode te estimular mais tarde.
Se você quer organizar suas ideias, definitivamente recomendo a abordagem por categorias. Ela permite que você veja quais ideias você pode trabalhar imediatamente, quais exigirão um pouco mais de tempo, e quais seria melhor você passar para um blogueiro convidado ou freelancer. A partir daqui, é hora de organizar, escrever e trabalhar da forma que melhor funciona para você. Você prosseguirá com pelo menos 30 dias de conteúdo (assumindo que você publica uma vez por dia) e isso demorou apenas cerca de 30 minutos!
Fonte: http://www.shutterstock.com/
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário