terça-feira, 26 de agosto de 2014

GERENCIAMENTO DE CORES: POR QUE VOCÊ DEVE SE PREOCUPAR COM ELE?

Um grande vilão nos resultados de trabalhos impressos ou distribuídos na web é o gerenciamento de cores. Poucos profissionais conhecem o suficiente sobre o assunto para garantir que as cores visualizadas na tela do computador fiquem iguais as que são impressas. Isso não se limita ao que você vê na sua tela ou no papel, as variações de cores podem acontecer quando um trabalho é visualizado em monitores diferentes ou  quando o material é impresso em impressoras de marcas ou modelos distintos, sem falar que até mesmo o tipo de papel influência diretamente em como as cores vão se parecer.

Para que serve o gerenciamento de cores?

O gerenciamento de cores permite que você preserve ou preveja a aparência das cores em diferentes mídias e dispositivos. Ele funciona fazendo o mapeamento de valores das cores dependentes de dispositivo (a impressora HP tem um jeito de representar as cores e a impressora Epson tem outro jeito de representar as cores, por exemplo) para valores absolutos das cores independentes de dispositivo no espaço de cores LAB ou XYZ.
Cada profissional tem um fluxo de trabalho exclusivo, assim como os equipamentos que ele utiliza. Um fluxo de trabalho pode consistir em ocasionalmente imprimir fotos editadas no Photoshop, realizar trabalhos de impressão exclusivamente em preto e branco ou usar o Illustrator ou CorelDRAW para orientar um entalhador a laser ou um cortador de vinil. O gerenciamento de cores oferece ferramentas poderosas para eliminar o trabalho de “adivinhação” quanto a aparência das cores, além de garantir que as cores no trabalho final sejam exibidas exatamente da maneira desejada. Em última análise, a compreensão das vantagens e das limitações do gerenciamento de cores permite que você dedique mais tempo ao trabalho criativo, a parte que realmente importa.
O gerenciamento de cores está sendo implementado cada vez mais em uma grande variedade de softwares e hardwares, desde sistemas operacionais, navegadores da Web, aplicativos de edição de imagens e de editoração eletrônica até impressoras e monitores. Sem uma compreensão dos princípios básicos do gerenciamento de cores, entender o que está acontecendo com as cores dos seus projetos em diferentes dispositivos e mídias pode ser frustrante.
Nos próximos artigos nós vamos falar sobre alguns conceitos importantes para que você possa aprender mais sobre o gerenciamento de cores.
Fonte: http://clubedodesign.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário