segunda-feira, 7 de julho de 2014

10 coisas que acontecem com qualquer webdesigner


1. Não salvar um arquivo
Essa mata de raiva qualquer um. Você está lá, trabalhando há horas num projeto e na hora de fechar, esquece de salvar o bendito. O mesmo se dá quando acaba a luz ou dá pane no computador, e você se dá conta que não tem nenhum mísero backup. Mas acontece…
2. Subir um arquivo errado
No meio de uma tarde aparentemente tranqüila, eis que surge a ligação de um cliente, que reclama que tem outro site no lugar do dele. Quando você vai conferir, percebe a burrada. Subiu os arquivos de um outro cliente no servidor errado.
3. Usar o tempo de upload para relaxar
Como webdesigner também é gente, nada mais justo que tirar alguns minutos da corrida rotina para relaxar um pouco. E nada mais conveniente do que usar o tempo de upload dos arquivos para fazer isso. Acho que isso todo mundo já fez né?
4. Ter que fazer tudo de novo
Essa é clássica. O site está quase pronto, faltando apenas alguns detalhes. Mas o cliente de um dia para o outro decide mudar a estrutura do site, para ficar parecido com o de seu concorrente. Mesmo tentando persuadi-lo do contrário, não há escapatória: ele está decidido. Nessas horas você tem apenas duas escolhas: cobrar novamente pelo serviço, correndo o risco de perder o cliente, ou abaixar a cabeça, respirar fundo e fazer tudo de novo.
5. Ter um ou mais projetos descartados
Faz parte da vida de qualquer um webdesigner. Digo por experiência própria, pois certa vez um cliente pediu a reestruturação do logotipo. Fiz dois conceitos de logotipo, e mandei para ele. No dia seguinte fui informado que ele havia gostado de um, e seu sócio do outro. Depois de discutirem, resolveram não mudar nada, ficaram com o antigo mesmo. Pelo menos eu aprendi uma lição: só mande a segunda opção se ela realmente for solicitada.
6. Falta de criatividade
A criatividade é o combustível do webdesigner. Mas haverá dias em que por mais que você pense, a idéia não vai sair. Quando isso acontecer, nada de tentar fazer as coisas de qualquer jeito. Tente relaxar, respirar fundo, e visitar alguns sites que possam servir de inspiração. Se mesmo assim a criatividade não vir, vá para a casa e volte outro dia.
7. Ser vítima do “sobrinho”
Ah, os sobrinhos… Quem, ao perguntar para o cliente se poderia fechar o contrato do projeto, não ouviu a seguinte frase:
- “Então, meu sobrinho ta fazendo curso disso, ele vai fazer o site pra mim ta? Mas eu vou guardar seu contato…”
* Sobrinhos às vezes podem assumir a forma de amigos, irmãos, tios, vizinhos, etc.
8. Perder um arquivo
Você tem certeza que salvou o bendito em algum lugar, mas mesmo usando o “pesquisar” do windows, não consegue encontrá-lo. É realmente um mistério.
9. Cobrar menos do que deveria
Na ansiedade de fechar um projeto com um cliente você chuta um valor abaixo do mercado e depois se dá conta da burrice que fez. Muitas vezes você acaba pagando pelo projeto que faz, simplesmente por não calcular direito o que estaria envolvido no desenvolvimento do mesmo. Portanto, cuidado.
10. Sofrer com a falta de internet
Pode faltar água, mas internet não. Mas às vezes a dona NET, dona Speedy ou qualquer outra “dona” vai te deixar na mão. E isso costuma acontecer justo no dia limite para subir os arquivos do cliente. Nesse caso, nem há muito o que fazer, além de esperar e adiantar o que se dá pra fazer off-line.
Fonte: http://www.designerd.com.br/
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário