quarta-feira, 28 de maio de 2014

Erros comuns ao criar Logotipos

Ao criar qualquer tipo de Logotipo, é necessário ficar atento a alguns erros que muitas pessoas acabam cometendo e que podem colocar a perder todo o trabalho de desenvolvimento do logo, este artigo tem como objetivo mostrar quais são os principais erros que as pessoas cometem ao tentar desenvolver logotipos. Muitos erros acabam sendo cometidos por inexperiência, no caso de um profissional da área de design isso é mais difícil de ocorrer, mas para pessoas amadoras que tentam desenvolver seus próprios logos ocorre muitas dúvidas e por consequência acabam não desenvolvendo bons logos, isso se deve também ao talento de cada um, é certo que a criatividade e o bom senso são essenciais para o desenvolvimento de bons logos.



Contratação de amadores para realizar um serviço de um profissional
Sendo por preguiça de procurar bons profissionais, ou simplesmente fazer uma economia, muitas pessoas acabam contratando pessoas sem experiência para o desenvolvimento do logotipo, na maioria das vezes por indicação de amigos, ou amigos de amigos, e contratar pessoas sem experiência para esta tarefa, ou que não tenham realmente demostrado potencial pode ser um grande erro e uma perda de tempo e dinheiro totalmente desnecessária, afinal o logotipo é a identidade visual da marca, é extremamente importante, confira um artigo onde explico qual a real importância de um logotipo, sabendo disso você deve escolher bem o profissional e não tentar desenvolver por conta própria, uma pessoa sem experiência e habilidades com os programas que são geralmente usados na criação de logos dificilmente realizará um bom trabalho mesmo com tempo para a tarefa.
Seguir tendências não é uma boa opção.
Pode parecer que seguir as tendências que estão surgindo seja uma boa maneira para desenvolver o conceito do logotipo, como também suas características de design, a moda como todos sabem é algo passageiro e que se transforma muito rápido, então basear todo o seu trabalho em algo que à curto prazo pode ser visto como algo “brega” não é uma boa ideia, o certo a se fazer é pensar em um logo que possa se perpetuar por muitos anos, sem a necessidade de atualizações constantes, observe os logotipos de grandes marcas e veja como eles possuem características que permitem serem utilizado por muitos anos, não sofrendo interferências das novas gerações. Neste caso é recomendável não exagerar em efeitos, isso pode tornar inclusive o logo comum e sem características marcantes, o que afeta também a credibilidade do profissional envolvido.
Saia do normal, não tenha medo de arriscar possibilidades e corrija erros.
Ao criar um logotipo muitas coisas devem ser pensadas, como na empresa, na ideologia da empresa, nas informações a serem repassadas através do logotipo, mesmo que de forma indireta, o que o logo deve despertar no consumidor e diversas outras coisas, então nesse caso você não deve ficar preso em uma ideia, deve arriscar e fazer esboços com diferentes ideias, analisar todas as possibilidades e caso algo não saia como no planejado, simplesmente corrija os erros, a perfeição é algo impossível, mas pode-se chegar perto, use sua criatividade e bom senso para realizar um bom trabalho.


Nunca copie o que já deu certo.
Essa parece até uma dica sem sentido, mas o fato é que muitos logos são construídos tendo como base outros logos, em alguns casos não há mínima vontade de disfarçar a ‘inspiração’, além de ser horrível para a imagem de ambas as empresas, mesmo que menos para a marca copiada, o fato é que nunca se deve fazer esse tipo de coisa, em muitos casos podemos achar imagens na internet satirizando esse tipo de plágio (que é mais comum do que se imagina), empresa nenhuma passa uma boa impressão ao seu consumidor utilizando logotipos baseados em outras marcas, ainda mais quando concorrentes!
Não testar o Logo para diversos fins.
Outro ponto a ser observado é os testes que devem ser feitos no logotipo para testar se o mesmo vai servir para todas as necessidades da empresa, sabemos que logotipos são impressos nos mais diferentes tipos de papéis e tamanhos, portanto é necessário que o mesmo permaneça legível nas mais diferentes situações para que não haja futuros transtornos, é importante também testar o logo com diferentes cores, inclusive somente em preto e branco, afinal nem sempre a impressão é feita a cores, o que deve-se pensar é que o logo deve servir para os mais diferentes tipos de anúncios, folhetos, banners, outdoors etc.
Criar imagens de duplo sentido e inadequadas.
Outro problema comum é o uso de imagens que podem ser relacionadas de alguma forma ao sexo, ou partes genitais, tanto masculina como feminina, e isso pode prejudicar e muito a imagem de qualquer empresa, portanto tome cuidado com traços, desenhos fálicos, ou qualquer parte do logotipo que possa ser confundido com algo que a empresa não queira passar.
Uso de figuras genéricas
Um coração, computadores e no caso de dentistas a utilização de um dente, é muito comum que os profissionais assemelhem logo de cara uma imagem genérica relacionada à sua profissão ou atividade em que trabalha, não há nada de errado, mas lembre-se que isso não é regra e pode representar uma falta de criatividade, lembre-se que muitos logotipos como, por exemplo, o da Apple, embora esteja presente em computadores e celulares, o logotipo em si não leva representações dos mesmos.
Utilizar imagens provenientes de banco de imagens.
Se você irá criar um Logo para ser usado comercialmente você definitivamente não deve utilizar imagens que encontra na internet para compor seu logo, mesmo que apenas use como detalhe, se a imagem não foi criada por você, logo não poderá ser utilizada em nenhum dos seus projetos, pois a imagem pode ter direito autorais, e neste caso você enfrentará muitos problemas.
Complexidade do Logo.
Se você parar para analisar logos já existente no mercado e que tem reconhecimento instantâneo do público, verá que em geral eles não possuem muitos elementos gráficos, e não há muita complexidade ao tentar reproduzir esses logotipos, portanto aqui fica uma dica, não exagere, não crie um logo praticamente impossível de ser reproduzido e nem algo sem criatividade e extremamente simples, em mais um caso temos que ter o bom senso.
Escolha das Fontes.
Se você irá utilizar fontes, saiba que ela deve ser legível em diferentes formatos e não fazer combinações de diferentes fontes para um mesmo logo, as fontes necessitam ter harmonia com a marca e estar dentro do conceito da mesma.


Fonte: http://www.mestredomarketing.com/
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário